Você já ouviu falar de união de crédito? Veja o que é e como participar

Uma ótima opção para o cliente que está na cooperativa de crédito, que oferece os mesmos produtos, serviços, e opções de taxas mais baixas.

Os dados mostram que, atualmente, há mais de 967 cooperativas operando no Brasil. A cooperativa crédito atua em muitas partes do país com os serviços financeiros disponíveis para você.

Este crescimento é impulsionado pelo número de créditos que têm taxas de até 50% menor. A data é a certeza de atrair as pessoas, que estão sempre em busca de mais economia em suas contas. Mas, é realmente a hora de sair de seu banco e ser parte de uma união de crédito? Vamos descobrir!

O que é uma união de crédito?

Quem ainda não pagou uma grande quantidade de juros ao para tentar fundo algo que é lento para um cliente? Os bancos tradicionais têm o objetivo de alcançar o maior retorno possível sobre o capital investido pelos proprietários. E de onde vem o lucro vem de fora? Diretamente para a atividade financeira de pessoas que têm contas, empréstimos ou qualquer outro tipo de relacionamento com o banco.

Nas cooperativas de crédito, pessoas, como você, são as donos do negócio como um todo, ou, em outras palavras, cada membro tem uma parte da escala.

Quando você abrir uma conta, o associado deixa os bancos tradicionais e agora está se movendo para seus valores no processo. Todos eles são chamados de membros e têm a mesma função que a de cem, ou mil outros membros da cooperativa.

É importante observar que as cooperativas de crédito possuem o registro e são supervisionadas pelo Banco Central, que é diferente das outras áreas de cooperação, tais como transporte, educação e agricultura.

Como participar de uma união de crédito?

Antes que você possa abrir uma conta, é imperativo buscar a melhor cooperativa de crédito para suas necessidades.  Outro ponto-chave é conhecer e avaliar se ela será capaz de cumprir com as definições estabelecidas pela maioria. Como uma empresa, todos os parceiros têm de participar ativamente nas decisões da cooperativa de crédito.

Para a aprovação do registro, não há nenhuma restrição com base no sexo, raça, condição social, opção política ou religiosa. Normalmente, as instituições existentes no país estabelecem com o capital necessário para participar de R$ 100, a quantidade de dinheiro que pode ser retirada se o membro deseja deixar o co-operative.

O capital investido no início muitas vezes é simbólico. A cooperativa pode ser capaz de investir em novos valores mobiliários no decorrer do tempo, como também irá aumentar o seu negócio de relacionamento.

É necessário, também, estar ciente que a análise que é feita da relação com o comércio. Para ser o nome negativado nem sempre é a razão para o impedimento no momento da abertura da conta, mas é importante para a aprovação de linhas de crédito e outros produtos semelhantes.


Faça Parte! Adicione seu e-mail e receba mais informações