Governo passa pente fino no BPC

O BPC (Benefício de Prestação Continuada) é um auxílio monetário dado pelo governo federal a pessoas com deficiência e idosos. Mensalmente essas pessoas recebem um salário mínimo (998 reais). As regras de concessão desse benefício são bem simples:

·         Os idosos precisam ter idade mínima de 65 anos;

·         As pessoas com deficiência de qualquer idade podem ter acesso ao benefício;

·         Ambos devem comprovar ser de família de baixa renda;

·         Ser brasileiro nato;

·         Ter residência fixa;

·         Renda familiar de 1/4 (um quarto) do salário mínimo – equivalente a R$ 249,50;

·         Não é necessário ter contribuído para a Previdência Social.

Atualmente esse benefício passa por um pente fino para identificar irregularidades no recebimento desse benefício. Tais irregularidades podem ser encontradas no cadastro de pessoas que ainda não realizaram a inscrição nos programas sociais do governo.

Como esse pente fino é realizado?

As pessoas que recebem esse benefício sempre são contempladas com visitas periódicas de assistentes sociais. Esse profissional tem como papel verificar se o beneficiado possui realmente a necessidade de receber o auxílio. Pois há inúmeros casos em que o beneficiário possui renda maior do que a estipulada nas regras de concessão do benefício. Em casos desse tipo o benefício é cortado.

Quais são as novas etapas de solicitação desse benefício?

Primeiramente o interessado deve fazer a inscrição no CadÚnico (Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal). Cabe lembrar que a atualização desse cadastro é feita a cada dois. Dessa forma, o cadastro deve estar atualizado no momento da solicitação do benefício.  Para solicitar o BPC, você pode acessar o site do INSS. Caso você seja beneficiário do BPC pode atualizar seu cadastro também através deste site. Você pode, ainda, ir a uma agência do INSS e solicitar o benefício.


Faça Parte! Adicione seu e-mail e receba mais informações