Financiamento por meio do CDC – Direto ao Consumidor

O financiamento de veículos deu um avanço tão grande que imigrou para carros usados. Isso mesmo! Caso o seu orçamento não está disponível para adquirir um automóvel 0km, agora é possível financiar um carro de segunda mão.

Hoje em dia, formas de financiamento de automóveis, o próprio CDC, Consórcio (concessionária) de venda do veículo. Existem também a opção leasing, onde as opções de aluguel e compra do carro são alugadas em conjunto, e o consórcio, que só recolhe o carro quando ele é atrativo. Como mencionamos, o financiamento de veículos pode ser realizado de três maneiras: Crédito Direto ao Consultor – CDC, Leasing e Consórcio.

Financiamento por meio do CDC – Crédito Direto ao Consumidor

Esse tipo de financiamento de automóvel é o mais comum entre os solicitantes. Para requerer esse meio, a instituição ou banco, compram o automóvel à vista e repassa para o cliente. Assim que o cliente recebe o veículo, o mesmo tem a responsabilidade de não fazer quaisquer tipos de negociação, por exemplo, vender o carro, antes de quitar todas as parcelas.

Financiamento por meio de Consórcio – Carta Premiada

Outro recurso excelente, porém, apropriado para indivíduos que não tem pressa de obter o automóvel é o consórcio. Para participar desta modalidade é necessário entrar num grupo que é liderado pelo fornecedor, onde disponibiliza o contrato onde contém o valor mensal a ser pago e o tipo de veículo que deseja obter. Feito esse procedimento, fará os primeiros pagamentos até receber a carta premiada. Vale ressaltar que o consórcio é finalizado apenas quando todos os envolvidos sejam premiados.

Financiamento por meio de Leasing – Locação Temporária

O financiamento de veículos chegou para facilitar para os necessitados de obter o próprio meio de transporte. Essa opção funciona da seguinte maneira: assim que o cliente solicita determinado automóvel, o banco ou instituição financeira que oferece o serviço de financiamento, adquiri o veículo à vista e passa para o solicitante de forma “alugada”. Como assim? Quando a empresa credenciadora aderi o automóvel, durante a compra, o veículo continua no nome da instituição. O carro só será de propriedade do cliente após concluir as parcelas de pagamento.


Faça Parte! Adicione seu e-mail e receba mais informações