Carro novo: como conseguir a menor parcela

Planejar ter casa própria e um carro novo normalmente faz parte dos planejamentos das pessoas. E com todas as facilidades ofertadas no mercado fica ainda mais fácil obter os mesmos, principalmente um carro. O processo de compra de um carro novo, ou mesmo usado, é sempre muito agradável desde a escolha da cor ao teste drive. 

Mas, e o dinheiro para pagar? Não é algo tão simples, não é mesmo? A melhor opção é fazer um parcelamento do valor total do veículo. Surge aí a primeira dúvida; como obter parcelas menores que caibam no orçamento mensal.

O financiamento é na verdade um tipo de crédito, um crédito que vai permitir que as pessoas possam alcançar um objetivo  pessoal pagando aos poucos; as tão temidas parcelas são muitas vezes bem vindas, afinal o carro é um produto caro e normalmente os seus compradores não têm como pagar o total no ato da compra.

Como funciona o parcelamento para a compra de carros? 

É muito simples, o banco é quem vai fazer essa ligação entre consumidor e a concessionária fazendo um empréstimo e o dividindo em pequenas parcelas, a sua escolha, que serão pagas mensalmente com o acréscimo de juros. 

Por conta dessa facilidade no Brasil, o financiamento de automóveis é muito comum, são milhões de pessoas a conquistarem ter o seu carro através dessa forma de compra.

Como obter a menor parcela?

Normalmente na compra de um carro, é exigido 10% de entrada no momento de assinar o contrato de compra através de financiamento. É possível dar um valor maior de entrada e dessa forma pagar menos no final do contrato.

Um maior valor de entrada significa um menor saldo devedor. Dessa forma, você poderá quitar a dívida com menos parcelas ou com o mesmo número de mensalidades, sendo elas bem menores.

Optar por maior entrada ou mais parcelas depende do seu contexto. Uma entrada maior significa pagar menos no fim das contas, mas o mais procurado pelos clientes é pagar mais parcelas com menor valor, o que permite que você tenha acesso ao carro mais rapidamente e é mais acessível para quem tem um salário menor.

O mais importante é fazer uma análise de suas finanças e ver as possibilidades reais da compra de um carro. É Sabendo de suas possiblidades que será mais fácil escolher a melhor forma de comprar o seu carro