A compra do automóvel, e a declaração do imposto de renda

Quem comprou ou vendeu um automóvel no ano de 2019 precisa declarar a aquisição ou venda a receita federal. Quem já teve um veículo no passado também deve informar na declaração de imposto de renda de 2020.

O prazo é até 30 de junho. A regra também se aplica a motocicletas, caminhões, navios e aeronaves, independentemente de seu valor. A venda, compra ou propriedade do veículo deve ser notificada no formulário declarado: “Bens e direitos”, no código 21:”veículo automotor terrestre”. O contribuinte também deverá informar todos os dados do veículo no campo “Discriminação”.Desde o ano passado, o número RENAVAM deve ser preenchido neste campo. A medida visa identificar os contribuintes que perderam ativos.

Para veículos, basta preencher o número no documento emitido pela CNH em cada estado. Para navios e aeronaves, os contribuintes devem buscar registro igual. No campo “Divisão”, informe os dados do veículo (modelo, ano de fabricação e placa), o vendedor (nome, CPF ou CNPJ) e os métodos de pagamento.

Caso tenha adquirido um automóvel usado, poderá achar essas informações em uma cópia do documento de transferência. Se você adquiriu o carro em anos anteriores, repita o próprio valor da declaração passada nos dois campos. Sempre informe o valor das compras de carros, não o valor mais recente do mercado. Altere esse valor apenas se você tiver instalado acessórios e equipamentos valiosos ou tiver executado programas no carro.


Faça Parte! Adicione seu e-mail e receba mais informações