Financiamento ou Leasing – Simule agora

Antes de solicitar um empréstimo, você precisa saber que, como em qualquer tipo de crédito, você será avaliado, o que significa caso o seu nome for restrito, você não será aprovado.

Qual tipo de carro deseja financiar?

A primeira coisa que você precisa decidir é financiar carros zero ou usados:

Zero – é um carro novo. A pessoa que deixou a montadora e passou diretamente para o primeiro proprietário. Esse tipo de carro geralmente é mais caro, mas também existem alguns componentes que não são necessários para os novos modelos.

Usado – também chamado de segunda mão. Nesse caso, é muito importante entender o carro antes de finalizar a compra, pois certos detalhes sobre o uso podem afetar sua satisfação com o produto adquirido.

Valor automático

O valor do carro que você pretende comprar afetará seu financiamento. Além disso, a maioria dos bancos e empresas financeiras permite que você escolha o financiamento total ou parcial.

Entrada

Como a maioria dos bancos e empresas financeiras exige pelo menos 20% de entrada. Se no momento do financiamento não tiver um valor inicial de entrada sem garantia, terá juros de longo prazo e juros mais altos. Observe que nem todos os bancos e empresas financeiras oferecem essa opção.

Data do vencimento

Geralmente, o prazo de pagamento estará relacionado à sua capacidade de pagamento no momento da entrada e ao valor do parcelamento, e quanto mais longo o parcelamento, maiores são os juros.

Renda mensal

No Brasil, ninguém pode bancar mais de 30% de sua receita com crédito de qualquer natureza, além disso, bancos e financeiras utilizam parâmetros salariais antes de conceder crédito.

Financiamento

Atualmente existem duas modalidades:

Crédito Direto ao Consumidor (CDC) – dessa forma, o valor do financiamento e o parcelamento são negociados com base no salário do comprador. As pessoas podem entrar em contato diretamente com o banco e perguntar ao gerente como financiar. Os consumidores usam o CDC para obter empréstimos para comprar o carro. O veículo fica nas mãos do comprador, mas não pode ser negociado (vendido ao banco) até que todas as parcelas sejam quitadas. Nessa modalidade de financiamento, o comprador pode negociar a taxa de juros a ser paga. São fixados no início do contrato e não sofrerão alterações durante o período de parcelamento.

Leasing – Desta forma, o cliente paga a taxa de aluguel do carro até o final do período de aluguel, a taxa ainda é paga em nome da locadora e o pagamento precisa ser quitada até que o consumidor se torne o proprietário do carro. Nenhum contato direto entre um intermediário e uma concessionária de veículos é necessário. Desta forma, a taxa de juro pode ser negociada diretamente. Outro ponto a ser focado que a taxa de juro é fixa no início do contrato e não sofrerá alterações durante o período de pagamento.


Receba mais informações gratuitamente