Cartão de crédito para negativados: É um bom negócio?

– Dificuldade de estar negativado

O número de negativados no Brasil cresce a cada dia. Ter o nome no SPC e no Serasa já virou rotina para muitos, poucos pensam em tirá-lo de lá. Por isso, existem punições para os que chegaram a ganhar tal título. Digamos que elas garantem que a dívida não vai virar uma bola de neve que nunca será paga.

Essas punições se resumem às privações ou dificuldades em solicitações e processos. Supomos que você precise de um empréstimo, seria muito mais difícil conseguir uma aprovação e um bom acordo, pois as financeiras sentem mais medo da inadimplência.

– Benefícios de ter um cartão de crédito

Um dos benefícios dos quais o negativado é privado é o cartão de crédito. Para alguns, essa é a parte que mais pesa. Não ter um cartão dificulta a vida de qualquer comprador. Entenda o porquê.

Você já fez alguma compra pela internet e se espantou com o número de dias até a entrega? Imagine ter que esperar por mais 3 dias úteis até que o seu pagamento por boleto seja aprovado. O cartão de crédito facilita e muito as compras online, além de proporcionar segurança por poder ser cancelado a qualquer momento em caso de roubo.

– Riscos de ter um cartão de crédito

Um benefício tão grande teria um custo, certo? Cartões de crédito envolvem taxas e tem um grande perigo: não nos permite ver o dinheiro sendo gasto. Não sentimos que estamos gastando, esse é o motivo pelo qual ele representa um perigo para os negativados ao ver dos bancos e financeiras.

A prova de que eles são perigosos é que muitos negativados não podem ter um cartão hoje por estar com o nome sujo graças à má administração do cartão de crédito. No entanto, reconhecendo isso, já existem alguns cartões para negativados com condições diferentes. A maioria deles aparece na versão pré-paga ou para consignados, onde não há riscos de inadimplência.

– Quando solicitar um cartão para negativados

Um cartão pode ser um bom negócio, já que nesse caso não te deixa no risco de dever. No entanto, ainda é necessário ser responsável financeiramente e se organizar para que outros custos de sua vida deixem de ser pagos por causa dele. Avalie também a necessidade de um cartão, se pergunte por que seria bom ter um e analise se o motivo parece justo.


Receba mais informações gratuitamente